Wednesday, September 06, 2006

Que Lentos Aprendizes!


Joseph C. Philpot (1802-1869)

"Jesus, porém, disse: Também vós não entendeis ainda?" — Mateus 15:16

Que lições são necessárias para, dia após dia, nos ensinar algo corretamente, e como para a maioria das pessoas as coisas são: "esse e depois esse, esse e depois esse — agora um pouquinho e então um pouquinho mais." Ó lentos aprendizes, estudantes lerdos e relapsos, que ignorantes, que cabeças-duras estúpidos, que alunos teimosos!

Certamente nenhum estudante na escola, seja velho ou jovem, pode aprender tão pouco das coisas naturais como nós vemos se aprender das coisas espirituais após tantos anos de instrução, tantos capítulos lidos, tantos sermões ouvidos, tantas orações feitas, tanta conversação religiosa.

Quão pequena, quão pífia é a soma do crescimento — comparado com tudo o que temos lido, ouvido e falado. Mas é misericórdia que o Senhor preserva aqueles que serão salvos — e que nós somos salvos pela livre graça — e somente pela livre graça!

Traduzido e enviado por: Márcio Santana Sobrinho

3 comments:

Raphael Rap said...

Não sabia que tinha um blog do monergismo. Muito bom o texto, pela graça única somos salvos, graça essa que diferencia o cristianismo de todas as outras religiões

Jônatas Abdias said...

chique!
Quantas lições mais, quantas?
PS.: Ajuda aí na divulgação do meu blog... não tem nada ainda, mais vai ter!
abração

Dario said...

Parece-me que de fato, a memória do povo de Deus é muito medíocre, ou como diz o autor “estudantes lerdos e relapsos”, pelo menos no que diz respeito às coisas de Deus. Vemos pessoas se esforçarem, muitas vezes de forma sobre humana para alcançar seus objetivos pessoais... E os alcançam.
Mt. 15.8 diz: “Este povo honra-me com seus lábios, mas o seu coração, porém, está longe de mim.” se associarmos este texto a Mt 6.21 que diz “Porque onde estiver o teu tesouro, ali também estará o teu coração”, chegaremos a conclusão de que, o que falta ao povo, que se diz povo de Deus é realmente se voltar para Ele e buscar em primeiro lugar o “Seu Reino”. A Palavra é muitíssimo clara, “Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração” Jr. 29.13
O povo de Deus, em sua grande maioria, está necessitando urgentemente de renovação de entendimento, como nos admoesta o apóstolo Paulo em Rm. 12.2 que diz: “E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”